Entre Brasil e Portugal: Tradição Acadêmica.

Eis que me deparo com aquela sensação de compromisso não feito, minha consciência me culpando por não ter mais postado nada aqui!

Bom, para compensar, hoje é dia de criar um post falando sobre Portugal! Sim!!

E por quê?? Porque de uns dias para cá tenho recebido algumas perguntinhas de uma turma linda de Letras, que está só esperando o projeto enviado para a CAPES ser aprovado!

Então, como já fiz um post bem completo sobre comidinhas deliciosas hoje vou falar um pouco sobre a tradição acadêmica!

Se vocês voltarem um pouquinho nos posts verão que escrevi sobre o que você não pode deixar de fazer se for até Braga, essa, além de ser uma cidade muito antiga é uma cidade bastante universitária (não tanto quanto Coimbra) mas a paixão pelo curso que os acadêmicos têm, é incrível!

Então vamos começar pelo começo!

Nas Universidades mais tradicionais portuguesas estão inclusas a tradição da Praxe (conhecida por nós como trote), só que, diferentemente do que temos no Brasil -os veteranos (um período/ano acima) fazem o trote com os calouros- lá quem pratica o trote são os doutores (terceiro, e último ano em uma graduação normal), esse trote é apenas feito em caloiros (sim, caloiros e não calouros) que aceitam a praxe, após terem lido (ou não) o código da praxe acadêmica e aceitado o que diz lá.

Estes caloiros são submetidos a diversas atividades em horários fora de aula, dentre estas atividades estão rolar em poças de lama e fazer dancinhas em volta de pessoas estranhas, práticas estas que eu já presenciei, além de guerras de cursos com cantos e gritos, a duração dessa praxe também é diferente do trote aqui do Brasil e dura um ano, contando com festas em que os caloiros tem de ir a festas vestidos com pijamas entre outras coisas do gênero.

enterro-da-gata-2013

Normalmente no mês de maio, quase final do ano letivo, na Universidade do Minho (Braga), há o Enterro da Gata, que são festividades acadêmicas, nas quais está envolvida a noite com as Serenatas e Velório (da gata, o que pode ser entendido como ano letivo) na qual os caloiros deixam de ser caloiros e passam a ser novilhos até o final do ano letivo (junho), no segundo ano estes passam a ser chamados de noviços e são responsáveis pelas festas e jantares programados para o curso. Quando chegam ao terceiro ano, passam a ser Doutores e devem usar os trajes acadêmicos (explico abaixo como são) para poderem praxar os caloiros. E mais ou menos assim funciona a praxe, logicamente não sou expert no assunto por não ter vivido a praxe, mas creio que assim é possível imaginar como funciona essa hierarquia.

3e954f2458d9e1b2486747d83e88fb8cc1cf907e

Quem já assistiu Harry Potter sabe como são os uniformes, acho que um dos itens mais marcantes nesse uniforme é  uma capa preta que vai até o pé. Pois bem, tudo indica que estas são vestes inspiradas nos trajes acadêmicos portugueses, devido a autora ter morado na cidade do Porto, também norte de Portugal, e observado essa tradição tão importante…

Além da hierarquia da praxe também é possível perceber que os acadêmicos são muito fiéis ao curso que fazem, defendem o mesmo, cantam músicas e vivem realmente o curso, acredito que os que aceitam a praxe vivem como uma grande interação, veem a universidade de forma diferente.

Bom, ter presenciado essa cultura diferente em meios a jantares de cursos, festividades e mesmo vendo praxes nas ruas foi uma experiência única, ver como são praticadas as tradições é muito rico e vale a pena!

Sei que a pratica da praxe é um assunto polêmico para muitos, porém, no meu ver acredito que quem se submete a praxe tem uma visão única do que é viver as tradições.

Espero que tenham gostaado, e agradeço a ajuda da Ana Rita por ter me passado algumas informações!!

Beijos, beijos e até logo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s